August 20, 2018

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta terça-feira (12), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Cadmiel Pereira (PSC) tratou do crescimento do pré-candidato ao Governo do Estado, José Ronaldo de Carvalho, repercutindo uma matéria publicada na edição de hoje do Jornal Folha do Estado. 

“Olha que contradição: Rui Costa disse outro dia que gozava de 95% de apoio dos prefeitos baianos. Mas, matéria publicada no jornal O Estado de São Paulo, aponta que 64,5% dos prefeitos baianos, o que corresponde a 269 prefeitos, estão a favor da reeleição do governador Rui Costa. Sendo assim, Ronaldo tem 35,5% de apoio de prefeitos baianos.  Mas, qual o tamanho dos municípios que apoiam Rui? Dos 140 prefeitos que estão com Ronaldo, estão o prefeito de Salvador, de Feira de Santana, de Vitória da Conquista, de Camaçari e outros. Portanto, temos que olhar o tamanho dos municípios e não a quantidade de prefeitos”, pontuou Cadmiel. 

O edil disse mais que o crescimento de Ronaldo se deve à má gestão de Rui Costa. “O Planserv foi terceirizado por uma empresa de Santa Catarina, que presta um péssimo serviço. Não há apenas o desmando do Planserv, mas também da Ebal, da PM e de muito mais. Ninguém tem conhecimento de obras realizadas pelo Estado em Feira de Santana e região. Não há reforma de escolas estaduais nos distritos, falta gasolina nas viaturas, há crescente aumento da violência e tudo isso é por conta da inércia do Estado, da incapacidade de gestão de Rui Costa”, avaliou.  

Cadmiel disse mais que José Ronaldo tem andado pela Bahia, visitado e conversado com servidores públicos e lideranças, onde apresenta propostas que tratam de interesse de todos. “E isso repercute em novos números porque todos entendem que será uma nova realidade. Ronaldo tem 40 anos de vida pública e tem mantido sua coerência, ideias de administração politica e mostrar que, pode sim, haver essa mudança.  As pessoas sentem necessidade de mudança. E, é importante lembrar que nenhum partido é composto por pessoas que pensam de forma igual. Todos os agrupamentos partidários estão conversando”, finalizou.

Download PDF

Redação

Comentários estão fechados.