June 20, 2018

Autor dos requerimentos de números 06, 14 e 20/2017, o vereador Roberto Tourinho (PV) faz questionamentos aos Correios e pede Sessão Especial para discutir a Previdência Municipal e outra para comemorar o Dia Mundial dos Portadores  com Deficiência. Os requerimentos foram aprovados por unanimidade, na manhã desta segunda-feira (20), na Câmara Municipal de Feira de Santana.

No requerimento de nº 06/2017, o vereador fala sobre o Código de Endereçamento Postal (CEP). De acordo com a proposta, várias ruas da cidade ainda não possuem o número, o que, segundo ele, é inadmissível para uma cidade do tamanho de Feira de Santana. Por isso, solicita do secretário de Planejamento, Carlos Brito, que informe à Casa Legislativa as demandas que vem sendo feitas a fim de obrigar os Correios para que cumpram com a função da numeração do CEP. Ele pede ainda do secretário a informação do número de ruas existentes no Município.

O edil solicita mais que seja formada uma comissão suprapartidária de vereadores e que seja solicitada pelo gabinete da Presidência da Casa uma audiência com Vaner José do Prado, diretor Regional dos Correios, para que se possa reparar,  o mais rápido possível, o erro da instituição.

Na discussão da proposta, o autor destacou que é inconcebível em Feira de Santana, uma cidade maior do que oito capitais brasileiras, ainda haver ruas sem CEP. “Muitas vezes as pessoas não podem fazer uma compra na internet porque o frete é calculado com o CEP ou quando fazem têm que colocar o endereço de outra. Com o surgimento do Minha Casa, Minha Vida as pessoas não têm o direito mínimo de receber uma correspondência em casa porque também não têm o CEP”, completou. Tourinho citou ainda o bairro de Três Riachos que não tem nenhuma rua cadastrada nos Correios e por isso não recebe correspondência.

O segundo requerimento, o de nº 14/2017, fala sobre a situação atual da Previdência Municipal, que está com um déficit que deverá chegar a R$ 28,9 milhões no ano de 2017 e por isso Roberto Tourinho pede a realização de uma Sessão Especial, no mês de março em data a ser definida, com a presença do presidente do Instituto de Previdência do Município, Alcione Cedraz o secretário de Administração João Marinho Gomes Júnior e do diretor do Instituto Nacional de Seguridade Social Fernando Nunes de Oliveira.

Tourinho, ao falar sobre a matéria, ressaltou que é preciso unir forças e buscar uma saída para a situação da Previdência Municipal. “Temos, o mais rápido possível, que buscar soluções para que a Previdência não deixe de cumprir o seu papel”, explicou.

O terceiro requerimento, de nº 20/2017, pede que seja realizada uma Sessão Especial, no próximo dia 16 de março, em homenagem ao Dia Mundial dos Portadores com Deficiência. O vereador não esconde que é um exímio defensor da classe e afirmou que em Feira de Santana uma parcela significativa da população sofre algum tipo de deficiência e seus direitos precisam ser assegurados e debatidos.

Download PDF

Redação

Comentários estão fechados.