Zé Filé alerta para a incidência das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti

A proliferação do mosquito Aedes aegypti e a grande incidência de casos de Dengue, Zika Vírus e Chikungunya no município, foram novamente abordadas pelo vereador José Menezes Santa Rosa - Zé Filé (PSD) - que, durante o seu pronunciamento, na sessão ordinária desta segunda-feira (01), clamou pela vaporização de inseticida por meio do “fumacê”.

Com grande preocupação, o parlamentar relatou que os moradores dos conjuntos Feira X e Viveiros estão apreensivos com o número crescente de pessoas acometidas pela Dengue, Zika Vírus e Chikungunya, em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus. “Quase todas as casas têm alguém com estas doenças, nós precisamos muito do apoio do nosso prefeito. A pandemia do coronavírus está difícil, mas não podemos esquecer o outro lado. Estas pessoas estão já fragilizadas, imagine como vão ficar se pegarem a COVID-19?”, questionou.

Zé Filé fez um apelo para as autoridades competentes e chamou atenção do prefeito Colbert Martins para que “se empenhe, juntamente com a secretária municipal de Saúde, para dar uma solução. Ninguém mais vê um carro de fumacê na cidade!”. Em aparte, o vereador Luiz Augusto de Jesus - Lulinha (DEM) - explicou que a ausência do carro fumacê pode ser justificada pela transferência da sede para o município de Serrinha.

Compartilhe

Mais Notícias