Neinha presta contas e prevê que segundo semestre será de muito trabalho

“Eu sou empregada do povo e meu papel é servir”. A declaração foi feita pela vereadora Aldney Bastos Marques (Neinha), ao apresentar o que chamou de retorno de sua atuação legislativa no primeiro semestre do ano para a população feirense. Após esse período atípico, por conta da pandemia do novo coronavírus, com dificuldades inclusive de contato com as pessoas, ela acredita que os próximos seis meses serão de trabalho intenso.

No balanço os resultados são positivos. “Sempre buscando dar o melhor de mim”, destacou Neinha, lembrando a destinação de R$510 mil de emendas impositivas, contribuindo para conter a pandemia da Covid -19. Trabalhar e ter alegrias é o que ela busca, sempre. “Eu só faço o que Deus manda”, afirmou a vereadora, assegurando que todas as solicitações que chegaram em suas mãos foram repassadas, em busca de solução.

Dirigindo-se especialmente às “mulheres guerreiras, lutadoras, feirantes que vivem na zona rural e acordam na madrugada para pegar o primeiro carro que passa, 4 horas, para vir para o comércio”, Neinha citou a indicação aprovada e liberada para construir uma creche dentro do Centro de Abastecimento. Também falou sobre indicação de sua autoria, e acatada pelo Governo Municipal, para instalação de uma unidade do CRAS no distrito de Bonfim de Feira.

Compartilhe

Mais Notícias