Vereador diz que Polícia Federal apura compra de apoio eleitoral no bairro Rua Nova

A Polícia Federal investiga  a prática de "propina" por parte de pré-candidatos a  vereador que estariam atuando em bairros como a Rua Nova, em Feira de Santana, para buscar o apoio de cabos eleitorais. A denúncia foi feita nesta terça (15) pelo vereador Isaías de Diogo (MDB) na Câmara Municipal. Segundo ele, a proposta  em troca de apoio atinge valores de  5 mil a   8 mil reais. "Quando ele vai levar a mala de dinheiro, leva uma arma para intimidar o povo”, disse o vereador, se referindo a um pré-candidato, especificamente. “É ladrão, corrupto, enganador das pessoas, jamais deve estar nesta Casa”. Isaías diz estar "de olho" nesse pré-candidato, assediando  pessoas que o apoiam.  "Esse jogo sujo é coisa de quem não tem caráter, não tem personalidade; não é coisa de homem". O emedebista informa que a situação está sendo acompanhada pela PF e "vocês vão ver a cara dele estampada, sendo preso".  Confiante,  disse que o dinheiro oferecido às lideranças é "(fruto) de roubo, maligno, corrupção”.


Compartilhe

Mais Notícias