Governador deve liberar as outras 114 cidades para o transporte intermunicipal

A autorização do Governo da Bahia para  liberação do transporte intermunicipal  - incluindo Feira de Santana - deve beneficiar a todas as cidades, não apenas as 303 anunciadas através do Decreto Estadual publicado na segunda-feira (14), opina o vereador Edvaldo Lima (MDB). Em discurso na Câmara, na sessão de hoje, ele diz que a medida  "chegou tarde demais” e ainda não contempla a todo o Estado.   “O Governador Rui Costa  esqueceu que a população precisa trabalhar, pois proibiu por tantos meses a realização dessas atividades e deixou pais de família a ver navios. Todo dia 30 ele recebe seu salário”.  Outras 114 cidades baianas, localizadas na região Sul do Estado, continuam sem autorização para transporte intermunicipal.

RODOVIÁRIA

Edvaldo também voltou a apelar ao Estado pela mudança de local da Estação Rodoviária de Feira de Santana, que "mais parece um galpão abandonado". Segundo ele, precisa, urgentemente, ser transferida de onde está, no centro da cidade, para que ofereça dignidade às pessoas que esperam pelo transporte. "Os ônibus de maior porte não conseguem mais entrar na Estação. Quando foi construída era para micro-ônibus”.  

INTERESTADUAL
Analisando o retorno do transporte intermunicipal, o vereador Alberto Nery (PT) pediu também que o Governo libere o de nível interestadual.  “Que seja retomado o mais rápido possível. As coisas estão voltando à normalidade e as empresas continuam demitindo por conta da limitação para circulação".


Compartilhe

Mais Notícias