Legislação impediu vereador de cumprir tradição de 20 anos, no Dia das Crianças

Depois de duas décadas realizando seguidamente uma ação social no Dia das Crianças, o vereador Zé Filé (PSD) não pôde cumpri-la este ano. Devido à legislação eleitoral, ele ficou impedido de fazer  a distribuição de brinquedos em bairros carentes de Feira de Santana. Em pronunciamento na Câmara Municipal, justificou sua ausência na periferia da cidade no feriado de segunda-feira, para cumprir o que considera uma tradição. "É o respeito à Lei Eleitoral, que temos de cumprir", disse o vereador. A legislação em vigor classifica como crime a oferta, por candidatos, de qualquer item ou verba que possa conceder alguma vantagem nos três meses que antecedem as eleições. “Esse ano foi diferente e eu não tive condições de fazer o que sempre fiz, mesmo antes de ser vereador", explicou Zé Filé, que cumpre primeiro mandato na Casa da Cidadania.  Pediu perdão às famílias e disse que virão outras datas para que possa  dar continuidade ao trabalho social: "Alegrar as crianças que não podem comprar um brinquedo, na data que é dedicada a elas, é para mim uma felicidade".


Compartilhe

Mais Notícias