Família é quem mais sofre com ausência de quem é candidato, durante a campanha

“Quem mais sofre  é a família”. A reflexão é do experiente vereador Roberto  Tourinho (PSB), sobre a atividade política, especialmente pela ausência que se torna uma rotina na vida do homem (e da mulher) público. Em pronunciamento esta semana na Câmara, o recordista de mandatos legislativos entre os atuais vereadores diz que o problema se torna maior, principalmente no período de campanha eleitoral, como a que está acontecendo. Ele disputou a Prefeitura e não conseguiu alcançar o 2º turno nesta disputa. Estará se despedindo da  Casa da Cidadania a partir de 1º de janeiro. Em discurso de agradecimento, registrou o "sacrifício, companheirismo e lealdade" dos seus familiares, durante a jornada e disse que são eles que  "nos dão forças, nos impulsionam a seguir em frente e recarregam nossas energias”. 


Compartilhe

Mais Notícias