Governo Federal muda decretos e permite que cidadão possa ter até seis armas de fogo

Alterações feitas em quatro decretos federais, recentemente, permitem  que caçadores e cidadãos, no Brasil, possam ter até seis armas de fogo, informa, em tom de protesto, o vereador Jhonatas Monteiro (PSOL). Em discurso na Câmara, ele diz que o resultado disso, na prática, é observado em cada final de semana violento em Feira de Santana. E questiona: “o que é que se quer com essa ampliação de acesso às armas? No dia a dia, a gente vê massacres ocorrendo, em especial, com a nossa juventude”. Para o vereador, a falta de segurança pública, aqui e em outros centros, tem correlação direta com o que o Estado faz - seja ele Federal, Estadual ou Municipal, bem como quais políticas oferecem à população. “Quem diz isso não sou eu apenas, mas é o que todo especialista no país aponta, basta olhar os relatórios brasileiros sobre segurança pública”. Conforme a versão do Governo, as alterações visam a “desburocratizar procedimentos, aumentar a clareza sobre regulamentação e reduzir a discricionariedade de autoridades, dando, ainda, garantia ao contraditório e a ampla defesa”.



Compartilhe

Mais Notícias