Cadmiel pede mais segurança na Bahia e sugere criação de aplicativo para transporte

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta quarta-feira (09), na Câmara Municipal de Vereadores, o edil Cadmiel Pereira (PSC) chamou a atenção do Governo Estadual para o crescente número da violência em toda a Bahia e pediu que fosse agendada uma audiência pública na Casa da Cidadania para tratar sobre transporte remunerado por aplicativo.

“O problema da greve é a falta de governabilidade. É preciso chamar atenção do Governo para atender às melhorias. A população não quer mais saber se tem ou não greve, pois a violência está crescendo a cada dia. Não vemos mais viaturas em bairros periféricos e distritos. Estão todos à mercê da sorte ou da cobertura de Deus, estão todos em risco. A melhoria da violência é uma questão que preocupa a população. O Estado marca de trazer viaturas para Feira, mas elas vão para outros lugares. O Estado precisa dialogar com a classe, ouvir e negociar para que o cidadão não fique sofrendo nenhuma situação de falta de serviço de segurança pública”, pediu Cadmiel Pereira.

E passou a tratar sobre a questão do transporte remunerado por aplicativo na cidade. “Precisamos debater melhor esse assunto. A China, por exemplo, criou um aplicativo próprio para não ficar refém de outras pessoas. A SMT pode criar seu próprio aplicativo, para que seja usado na cidade, pois assim teríamos regulamentação, atenderia também aos taxistas, saberíamos para onde os impostos estão indo e mais. Portanto, solicito que seja realizada uma audiência pública nesta Casa para tratar sobre a viabilidade desse aplicativo”, sugeriu.

Para finalizar, Cadmiel afirmou que esteve no bairro Asa Branca e percebeu a necessidade de pavimentação de ruas para que ele fique 100% pavimentado. “Conversamos com moradores, pastores e presbíteros e agora pedimos que a Prefeitura faça esta pavimentação e tenhamos mais um bairro 100% pavimentado. Estarei lutando por isto em outros bairros também”, findou.


Compartilhe

Mais Notícias