Roberto Tourinho cobra a entrega do hospital de campanha

Os investimentos do Governo Municipal em ações de combate ao novo coronavírus também foram questionadas pelo vereador Roberto Tourinho (PSB), que ao discursar na tribuna da Casa da Cidadania, durante a sessão ordinária desta segunda-feira (01), ressaltou o crescente número de pacientes com COVID-19 e cobrou a entrega do hospital de campanha, que irá funcionar no prédio do antigo Hospital Mater Dei.

Tourinho chamou atenção para os 563 casos confirmados da doença - sendo 384 ativos - e afirmou que o município enfrenta “sérias dificuldades”, em virtude dos “passos lentos” para equipar e entregar o hospital de campanha. De acordo com o parlamentar, Feira de Santana já recebeu mais de R$ 15 milhões em repasses federais e estaduais, entretanto, poucos leitos voltados aos pacientes com COVID-19 foram inaugurados.

O edil também mencionou que visitou, na semana passada, a unidade anexa do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), que disponibilizará 40 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para casos mais graves de infecções pelo coronavírus. “Eu, como cidadão, fiquei encantado com o que eu vi, de primeira qualidade para o estado da Bahia”.

Ainda na tribuna, Roberto Tourinho apresentou a denúncia de uma servidora pública que, ao receber o resultado positivo para a COVID-19, “não recebeu absolutamente nenhum apoio da Secretaria Municipal de Saúde”. E concluiu: “é lamentável a maneira como a Secretaria tem abandonado os servidores e os agentes comunitários de saúde que trabalham na linha de frente. Eles não estão recebendo nenhum apoio”.

Compartilhe

Mais Notícias